BTC

Preço Bitcoin

BTC
| 4.4/5
Moeda de cotação
$62.171,20+0,23%
1 h
24 horas
1 sem.
1 mês
1 ano
Todos
Visão geral
Análise

Dados de preço ao vivo de Bitcoin

O preço atual de Bitcoin é $62.171,20. Desde as 21h00 BRT, a Bitcoin apresentou alta de 0,23%. No momento, há uma oferta circulante de 19,65M BTC e uma oferta máxima de 21,00M BTC, o que representa uma capitalização de mercado totalmente diluída de $1.220,05B. Neste instante, a Bitcoin ocupa a 1 posição na classificação de valor de mercado. O preço de Bitcoin/USD é atualizado em tempo real.

Desempenho do preço de Bitcoin em USD

Período de tempoAlterar quantidadeVar %
Hoje$163,200,27%
7 dias$10.428,7020,16%
30 dias$19.369,2045,26%
3 meses$19.887,2047,04%

Informações de mercado de Bitcoin

Alta/baixa de 24 h
Baixa em 24 h$61.394,60
Último preço $62.171,20
Alta em 24h$62.637,00
Classificação do índice de popularidade
1
Classificação de valor de mercado
1
Valor de mercado
$1.220,05B
Taxa favoritada
99,99%
Maior alta até agora
$69.045,00
-9,96% (-$6.873,80)
10 de nov. de 2021 (3 anos atrás)
Maior baixa até agora
$67,81
+91.584,41% (+$62.103,39)
6 de jul. de 2013 (11 anos atrás)
Data ICO
31/10/2008
Preço ICO
$0,0025
Oferta circulante
19,65M BTC
Valor de mercado em circulação
$1.220,05B

Sobre Bitcoin (BTC)

A Bitcoin foi apresentada em 2008 por uma entidade anônima conhecida como Satoshi Nakamoto. Como uma criptomoeda e um sistema de pagamento descentralizado, a Bitcoin opera de maneira independente, livre do controle de uma autoridade central ou governamental.

A Bitcoin, amplamente reconhecida como a criptomoeda pioneira, tem desempenhado um papel central na formação do setor de cripto. Ela estabeleceu uma base sólida e serve como catalizadora para o surgimento de muitas outras criptomoedas. A influência da Bitcoin tem sido essencial no incentivo do crescimento e da evolução do ecossistema mais amplo das criptomoedas.

Em 2009 surgiu a primeira Bitcoin, marcando o início de uma era transformadora. Satoshi Nakamoto, que minerou aproximadamente um milhão de Bitcoins, desapareceu misteriosamente em 2010. Nakamoto confiou a chave de alerta da rede e o controle do repositório do código a Gavin Andresen. Andresen tornou-se o desenvolvedor líder na Bitcoin Foundation, uma organização sem fins lucrativos comprometida com o avanço e a promoção da rede Bitcoin.

A bitcoin conta com um mecanismo de Proof-of-Work (PoW) para a segurança, com transações verificadas por uma rede de nós e registradas em um registro distribuído de modo público conhecido como blockchain.

Como criptomoeda pioneira, a Bitcoin tem mantido um valor mais alto que outros criptoativos de maneira consistente. Atualmente ela mantém o primeiro lugar, em termos de capitalização do mercado, ultrapassando a Ethereum (ETH) e a Tether (USDT). Além disso, a Bitcoin desempenhou um papel significativo na popularização da tecnologia blockchain, que tem evoluído e estabelecido vários aplicativos além do domínio das criptomoedas.

Como a Bitcoin funciona?

A Bitcoin opera em uma blockchain, um registro transparente que lança todas as transações de Bitcoin. Conforme ocorrem novas transações, a blockchain se expande por meio da adição de blocos "concluídos".

Cada bloco é composto do hash criptográfico, do carimbo de data e hora e dos dados da transação do bloco anterior.Ao utilizar a blockchain, os nós da Bitcoin diferenciam transações genuínas de instâncias de gasto duplo, nas quais as moedas que já foram usadas são reutilizadas de maneira fraudulenta.

A propriedade e a governança da rede da Bitcoin são descentralizadas, eliminando o controle de qualquer indivíduo ou entidade sobre as mudanças e atualizações da rede. Além disso, o software de código aberto da Bitcoin permite sugestões e versões alternativas de qualquer pessoa da comunidade.

O que é mineração de Bitcoin?

A mineração de Bitcoin é o processo de geração de novas Bitcoins por meio de operações que fazem uso intensivo de computação. Os mineradores verificam e registram transações na blockchain e recebem Bitcoins como recompensa.

Os mineradores utilizam software especializado para resolver problemas matemáticos e ganhar um número específico de Bitcoins. Esse sistema incentiva indivíduos a participar de atividades de mineração, garantindo uma criação justa e previsível de novos Bitcoins.

Com o passar do tempo, o número de Bitcoins concedidos para cada bloco diminui devido ao ajuste da taxa de adição de blocos da rede na blockchain da Bitcoin. Atualmente, os mineradores recebem uma recompensa de 6,25 Bitcoins para cada bloco minerado com sucesso.

Consumo de energia da Bitcoin

A operação da rede da Bitcoin consome uma quantidade substancial de energia devido aos requisitos computacionais da execução dos computadores responsáveis por verificar e registrar transações na blockchain. Conforme a base de usuários de Bitcoin se expande e mais mineradores participam da rede, a energia para sustentar a rede da Bitcoin continuará a aumentar.

Os críticos levantam questionamentos a respeito da sustentabilidade desse consumo de energia e seu possível impacto ambiental. Entretanto, os mineradores podem adotar fontes de energia alternativas, como solar ou eólica, a fim de mitigar essas preocupações. Além disso, especialistas especulam que, à medida que a rede da Bitcoin se desenvolve e amadurece, ela poderá se tornar mais eficiente, em termos de energia, com o passar do tempo.

O que é a Bitcoin Foundation?

A Bitcoin Foundation é uma organização sem fins lucrativos dedicada à promoção da adoção e compreensão da Bitcoin e da tecnologia blockchain. Estabelecida em 2012, seus principais objetivos são padronizar, salvaguardar e promover o uso global da moeda criptográfica Bitcoin.

A fundação recebe suporte de várias entidades e indivíduos envolvidos no ramo da Bitcoin, incluindo exchanges, carteiras, processadores de pagamento e desenvolvedores de software. Além disso, ela fornece fundos para financiar projetos que se alinham à sua missão.

A Bitcoin Foundation opera com base em quatro princípios fundamentais: priorização da privacidade e segurança do usuário, defesa da inclusão financeira, incentivo à inovação e ao uso de padrões técnicos e gestão responsável de recursos disponíveis.

Preço e tokenomia do BTC

A demanda do Bitcoin é determinada por três fatores principais: seu uso como reserva de valor, sua inclusão como um ativo valioso em portfólios e sua utilidade como um sistema de pagamento.

Uma característica peculiar da Bitcoin é sua oferta máxima de 21 milhões de tokens. Essa oferta limitada torna a Bitcoin um ativo deflacionário. Ao contrário da moeda fiduciária, que os bancos centrais podem criar, a oferta da Bitcoin é fixa, semelhante a ativos como o ouro, que tem uma quantidade limitada.

Com o passar dos anos, cerca de 20% dos Bitcoins se perdeu. Essa perda pode ser atribuída a vários fatores, incluindo usuários que perdem chaves privadas, se esquecem das senhas ou que falecem sem compartilhar as informações de suas contas. Consequentemente, a oferta circulante da Bitcoin é reduzida, propiciando a especulação sobre uma possível valorização.

O que é halving de Bitcoin?

O código da Bitcoin é concebido de maneira inteligente para reduzir as recompensas da geração de blocos. Como consequência, o valor de Bitcoin concedido aos mineradores pela adição de blocos é cortado pela metade a cada quatro anos, aproximadamente, ou a cada 210 mil blocos. Esse evento é conhecido como Halving da Bitcoin. No momento em que esse texto foi escrito, a Bitcoin já tinha passado por três halvings: em novembro de 2012, julho de 2016 e maio de 2020. O próximo Halving da Bitcoin deverá ocorrer em abril de 2024.

Esses halvings são feitos de maneira progressiva para reduzir a taxa na qual novos BTCs entram na oferta circulante. Com um limite total de 21 milhões, essa escassez controlada vai impactar positivamente o valor do BTC.

Assim que todos os 21 milhões de BTCs tiverem sido criados e distribuídos, não haverá mais recompensas para novos BTCs. Naquele momento, os mineradores vão ter que contar apenas com as taxas de transação como fonte de renda.

Atualmente, o prêmio por bloco é de 6,25 BTC. O próximo Halving da Bitcoin ocorrerá no início de 2024, reduzindo a recompensa a 3,125 BTC.

Sobre os fundadores

A Bitcoin foi criada por um indivíduo ou uma equipe sob o pseudônimo Satoshi Nakamoto. Em 31 de outubro de 2008, Satoshi revelou o influente whitepaper da Bitcoin com o título "Bitcoin: um sistema de dinheiro eletrônico ponto a ponto". Vale mencionar que isso ocorreu no meio de uma crise financeira global, apenas seis semanas após a importante declaração de falência do Lehman Brothers. A contribuição visionária de Satoshi chegou durante uma conjuntura crítica, preparando o palco para uma moeda digital que redefiniria para sempre o cenário financeiro.

Em 3 de janeiro de 2009, Satoshi minerou o bloco gênese da Bitcoin, marcando o nascimento da primeira moeda digital descentralizada do mundo que opera de maneira independente de qualquer governo ou autoridade. A Bitcoin valia US$ 0 no lançamento, e as pessoas podiam conseguir novos BTCs facilmente por meio da mineração com computadores pessoais.

Posteriormente, Satoshi confiou a chave de alerta da Bitcoin e o controle do repositório de código a Gavin Andresen, que depois assumiu a função de desenvolvedor chefe na Bitcoin Foundation. O repositório GitHub da Bitcoin ostenta uma lista impressionante de mais de 750 colaboradores, incluindo indivíduos notáveis como Jonas Schnelli, Gavin Andresen, Marco Falke, e Wladimir van der Laan.

Destaques da Bitcoin

Adoção em El Salvador

A adoção da Bitcoin em El Salvador em 2021 definiu um marco significativo, pois o país se tornou o primeiro do mundo a aceitar Bitcoin como moeda corrente.

O presidente, Nayib Bukele, anunciou essa iniciativa na Conferência da Bitcoin de 2021 em Miami, destacando o potencial da moeda digital para impulsionar a economia da nação. Bukele afirmou que a adoção da Bitcoin poderia reduzir as taxas anuais de remessa de fundos em aproximadamente U$ 400 milhões, o que, por sua vez, possibilitaria maiores transferências de fundos.

Nos termos da nova lei, todas as empresas em El Salvador ficam obrigadas a aceitar Bitcoin como forma de pagamento. Em consonância com essa decisão, o governo salvadorenho alocou U$ 150 milhões a um fundo para facilitar as conversões de dólar. O governo também lançou uma carteira digital chamada Chivo, que significa "legal" na gíria de El Salvador, e incentivou os cidadãos com US$ 30 em Bitcoin a baixá-la.

Para garantir a acessibilidade, os salvadorenhos podem sacar fundos em dinheiro de 200 caixas eletrônicos em 50 locais. Vale a pena mencionar que o governo de El Salvador também fez uma compra significativa de 400 Bitcoins, avaliada em aproximadamente US$ 21 milhões na época da compra.

Adoção na República Centro-Africana

Assim com El Salvador, a República Centro-Africana adotou a Bitcoin como uma moeda corrente em Abril de 2022, tornando-se o primeiro país africano a fazê-lo. Essa movimentação progressiva solidifica o reconhecimento da criptomoeda como uma forma aceita de moeda na nação.

Interesse de celebridades

A Bitcoin tem passado por um aumento no interesse de compradores institucionais e do varejo, gerado em parte pelo entusiasmo de celebridades e um mercado favorável.

Entre esses indivíduos influentes, está o magnata da tecnologia, Elon Musk, CEO da Tesla. Jack Dorsey, cofundador do X e da empresa de pagamentos Square, também tem sido um franco defensor da Bitcoin. Ele tem promovido ativamente a moeda em vários eventos e até tem colaborado com Jay Z na iniciativa BTrust, que visa favorecer o desenvolvimento da Bitcoin.

Outras personalidades notáveis como Mark Cuban e Snoop Dogg também expressaram seu apoio à Bitcoin e supõe-se que tenham quantias significativas dela.

A Lightning Network

A Lightning Network, desenvolvida pela Lightning Labs, é uma solução da Camada 2 baseada na rede da Bitcoin. Ela foi lançada em março de 2018 para resolver o problema de escalabilidade da Bitcoin, possibilitando transações mais rápidas e mais economicamente viáveis.

Referida como uma divisora de águas por algumas pessoas da comunidade da Bitcoin, a Lightning Network tem entregado sua promessa de transações mais rápidas e tem ganhado tração. No entanto, ainda há os desafios relacionados a custos e segurança, impedindo uma adoção mais ampla.

Saiba mais sobre Bitcoin (BTC)

Mídias sociais

Bitcoin PERGUNTAS FREQUENTES

Quem critou a Bitcoin?
A Bitcoin foi criada por uma pessoa ou um grupo de pessoas desconhecidas que usava o nome Satoshi Nakamoto. Embora a verdadeira identidade de Satoshi permaneça um mistério, alguns acreditam que o cientista australiano Craig Wright tem as evidências mais convincentes de ser o inventor da Bitcoin.
Qual a diferença entre Bitcoin e blockchain?

A Bitcoin pode ser usada para comprar bens e serviços on-line e off-line. Ela é aceita por mais de 15 mil empresas, incluindo Microsoft, Starbucks, Newegg, AT&T, Subway e Burger King.

Além disso, a Bitcoin pode ser transferida diretamente entre usuários sem intermediários, tornando-se uma forma de pagamento mais rápida, mais barata e mais segura do que as opções tradicionais, como cartões de crédito ou transferências bancárias.

Além do propósito da Bitcoin como um meio de troca, ela também pode ser guardada a longo prazo para gerar possíveis rendimentos.

Como posso usar Bitcoin?
Atualmente, a Bitcoin é aceita como moeda corrente em dois países: El Salvador e República Centro-Africana. Essas nações adotaram a Bitcoin como moeda oficial, com El Salvador tomando a frente nessa iniciativa.
A Bitcoin é legal?

Você pode comprar Bitcoin de exchanges de cripto conceituadas, como a OKX. Para começar, entre em sua conta OKX e selecione a opção "Comprar com cartão" para pagar usando um cartão de crédito ou débito.

Você também pode trocar suas criptomoedas existentes, incluindo Dogecoin (DOGE), Litecoin (LTC), Polygon (MATIC) e Bitcoin Cash (BCH), por Bitcoin sem taxas e sem slippage de preço usando o OKX Convert.

Você pode até comprar Bitcoin na Plataforma de trading P2P da OKX. O trading P2P permite que os usuários compre e vendam criptomoedas diretamente de outros usuários sem a necessidade de intermediários.

Calculadora de BTC
BTC
USD
BTC
BTC
1 BTC ≈ 62.165,86 USD
Negociar
Converter
BTC/USDT
Spot
BTC/USDT
Margem
Perpétuo de BTCUSDT
Futuros perpétuos
BTCUSDT-08MAR24
Expiry
Opções simples de BTC
Opções
Mercado de bots de BTC
Mais
BTC-USDC
Copiar bot
Grid trading de spot
68
137,49%
% de PnL
BTC-USDT
Copiar bot
Spot DCA
24
104,29%
% de PnL